INCÊNDIO: Permissionários do Mercado de Cajazeiras X cobram por auxílio-emergência da prefeitura

Fonte: Da Redação

PROTESTO Permissionários do Mercado de Cajazeiras cobram por auxílio-emergência da prefeitura.png

Crédito da Foto: Aratu Online

Permissionários do Mercado de Cajazeiras – inaugurado em dezembro de 2015 e que pegou fogo no último  dia 18 de junho-, fazem  na manhã desta terça-feira (5/9) um protesto pacífico em frente à sede da Prefeitura de Salvador.

Em contato com a redação do Aratu Online, os permissionários alegam que não receberam até hoje o auxílio-emergência prometido na época. “Não recebemos nada, não temos posição nenhum da prefeitura. Muita gente não tem condições de recomeçar, queremos, ao menos, uma posição dos gestores municipais”, brada a permissionária Samila Souza sobre a promessa do gestor municipal.

LEIA MAIS: MAR GRANDE: Assembleia Legislativa promove audiência para discutir segurança do transporte marítimo

Na época, o prefeito ACM Neto esteve no Mercado um dia após o incêndio e prometeu ajuda.  “Enquanto isso vamos dialogar e fazer o levantamento dos prejuízos dos comerciantes. Para ajudar os permissionários que perderam equipamentos e mercadorias, vamos liberar o auxílio-emergência”, publicou em seu twitter oficial.

No momento do incêndio (um domingo à noite), o espaço estava fechado — fora do horário de funcionamento. Localizado em Cajazeiras X, o Mercado tem 4 mil metros quadrados e 133 boxes, em dois pavimentos. O espaço recebe serviços de açougue, frios, restaurantes, floricultura e barbearia. A estrutura conta também com 69 vagas de estacionamento Zona Azul. Ainda não se sabe a dimensão do estrago provocado pelas chamas.

Veja vídeo:

LEIA MAIS: SUSTO: Incêndio atinge estabelecimento comercial na rua JJ Seabra, no centro de Salvador

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.

*Publicada originalmente às 10h28