ESPECIAL CACHAÇA: confira as potencialidades da bebida genuinamente nacional como ingrediente versátil na gastronomia

Nem só de rodada etílica vive a cachaça. A bebida genuinamente nacional que vira caipirinha, na mesa de bar, “príncipe maluco”, no circuito do carnaval baiano, “quentão”, nas festividades de junho, e “rabo de galo”, nos tradicionais balcões da saideira, é também ingrediente versátil, poderoso na harmonização e atrativo, no mundo das panelas, para acompanhar, realçar sabores, despertar aromas.

A brasileirinha que é antiga, tradicional e até “envelhecida” – mas sempre muito solicitada – pode ser usada, para além dos drinks, na hora de marinar, assar, flambar e cozinhar a vapor. Vai bem com carne, legumes, frango, com frutos do mar e, claro, também com quem não sabe nada de cozinha, mas não dispensa uma boa aguardente para abrir os trabalhos na mesa de bar.

No programa da última sexta-feira 13, Dia Nacional da Cachaça, o Dicas da Saideira uniu o útil ao agradável e convocou, para o bate-papo descontraído, tanto o universo etílico quanto a culinária de sabores a que se pode chegar com a bebida.

Teve rodada de degustação, apreciação, experimentação gratuita nos estúdios, garrafa aberta, brinde em comemoração à data e papo solto com direito a “quizz da saideira” sobre o universo da cachaça.

Desceu “queimando”? Com graduação alcóolica de 38% a 48%, a “danada”, que elevou a temperatura na edição especial, fez é sucesso entre os paladares.

Quem ditou a cadência da degustação, na rodada, foi o Grupo Nosso Ritmo, que levou samba e animação total para os estúdios da TV Aratu.

Os convidados Neto Mascarenhas, do Boteco do Tomé, Jorge Queirós, do Quintal Raso da Catarina e Suelane Silva, do Bar das Meninas, explicaram, no programa, como a aguardente extraída das borras do melaço de cana-de-açúcar pode virar ingrediente especial para pratos como “bode com farofa d’água”, rabada “boi na moita” e uma infinidade de harmonizações, no melhor da culinária regional da Bahia.

Se vale a pedida?! Em muitas doses!

O programa completo, pra quem não perde a boa amiga saideira da cachaça, está disponível através do link: https://www.facebook.com/aratuon/videos/2423657701185803/.

Acompanhe também pelas redes sociais @dicasdasaideira.

Nenhum comentário

Os comentários estão desativados.