Caspas, que medo!

Todos nós já ouvimos falar daqueles pontinhos chatos que causam coceira e se espalham pelos ombros, se transformando em desconforto e mal estar. Estamos falando das caspas, conhecidas cientificamente pelo por dermatite seborreica. Na coluna de beleza desta semana, a Zama Brasileiro irá te ensinar dicas simples de como combatê-las.

Corte o mau pela raíz

Nós gostamos de ser o centro das atenções, mas por pontos positivos… Para acabar com a terrível sensação de que todos estão notando algo fora do normal como as caspas, invista em shampoos anticaspa que agirão em duas frentes:

  1. Os que possuem substâncias adstringentes para renovação do excesso de óleo na região.
  2. Os antifúngicos, a maioria à base de zinco, que irão combater a Malassezia, fungos que se alimentam de gordura do couro cabeludo oleoso.

Nos casos graves, procure o dermatologista, que poderá indicar loções, remédios de uso oral ou até a fototerapia. E importante: não utilize nunca use fórmulas caseiras, pois podem agravar o estado do couro cabeludo.

Atenção as dicas!

Atenção aos hábitos que podem incentivar a proliferação das caspas.

Boné
Cobrir a cabeça por horas seguidas estimula a oleosidade no couro cabeludo. Não está proibido, mas vale repensar o uso.

Lavar o cabelo todo dia
Por tirar a secreção oleosa além da conta, o banho na cabeleira é super indicado!

Tratamentos químicos
Produtos e métodos como a escova progressiva resultam em mais descamação. Fique atento!

Secador
A temperatura pode elevar a concentração de óleo no couro cabeludo. É importante usar com moderação.

Tipo de cabelo
Liso ou cacheado, a aparência do fio nada influência na produção das glândulas sebáceas. Mas atenção ao acúmulo de produtos nos fios.

E aí, curtiram?!

Para mais dicas sobre os cuidados e bem estar, procure a Zama Brasileiro no instagram @zamabrasileiro ou na Rua dos Maçons, Multishop 121 lá na Pituba. Informações: ( 071 )3358 5051 ?9 9146 0853

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *